sábado, 16 de janeiro de 2010

Eudes Amancio



Acho que a pior parte de ter um amigo é descobrir de repente o quanto essa pessoa que nem é nosso parente se tornou especial. E notar que dedicamos amor a essa pessoa incondicionalmente. E muitas vezes saber que tudo isso vem de volta. Digo a pior parte, porque nunca se sabe o que pode acontecer, mas se o que acontecer não nos permitir mais ver essa pessoa, então o sentimento de urgência nos toma, e a saudade aperta, e nos sufoca. E tudo isso nos faz mal.
Algumas vezes conhecemos amigos, nas mais diversas situações, na fila do almoço, por exemplo, sendo chata, infantil, impulsiva e rabugenta, dizendo que a gente não come, reclamando do banheiro. De uma forma displicente conhecemos uma pessoa que pode virar nosso amigo. E por sorte vira.
Foi desse jeitinho que eu conheci Eudes. E devo dizer que o sentimento só aumenta, desses sentimentos meio erva - daninha, crescendo compulsivamente.
Eu só não quero que isso tudo acabe.
Beijus amigooo, te amuh meu gordinho!!



3 comentários:

Maíra Oliveira disse...

Ter um amigo de verdade é muito bom, essa pessoa se torna tão especial que você já não consegue ficar sem ela.
Adorei o blog, to seguindo!
beijos

Sятα Αninhα ੴ disse...

Muito bom o blog, obrigado pelo coment... xp
se puder entrar na comu ou segui-lo =p vou seguir o seu tbm ta???
kixuss
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=97517910

Fellipe's home disse...

Eudes... hum.. um menino muito do ridículo... + é pra morrer de rir com essa criatura divína.
quando a gente se junta... é babado.